terça-feira, 26 de março de 2019

Niterói, RJ

Mãe entrega à polícia filho acusado de assassinar pastor

Publicado em 15/10/2018 - 18:22

 

Após ficar sabendo que seu filho, Jonata Santos Souza, de 27 anos, havia matado à pauladas o pastor David Daniel Matos da Silva, de 23, ligou pra ele, marcou um encontro em um shopping em São Gonçalo e o entregou à polícia.

A mulher, que preferiu não se identificar e trabalha como diarista e catadora de latinhas, contou que Jonata era um bom menino até se viciar em cocaína.

“Ele foi criado na igreja, era quietinho, mas do nada se viciou em drogas e virou a cabeça. Quando ele disse que tinha aceitado Jesus, eu acreditei. Ele era bom e poderia realmente estar querendo largar o vício”, contou.

“Me ligaram e disseram o que ele tinha feito com o pastor. Eu fiquei sem chão, mas não posso agir com mentira e fiz o que tinha que ser feito. Pedi pra minha nora me avisar quando ele entrasse em contato e assim ela fez. Eu falei que ia dar um dinheiro pra ele e marquei no shopping, mas eu liguei para a polícia. Eu fiz isso por amor! Eu não vou abandonar meu filho. Ele tem que pagar pelo que fez e eu vou lutar para tirar ele daqui (da delegacia)”, disse emocionada.

Pastor David Daniel (à esquerda) ao lado do dependente químico que tirou sua vida.

Na delegacia Jonata, que é usuário de drogas e dizia estar na casa do pastor buscando ajuda para sair do vício, assumiu que matou David com golpes de taco de madeira na cabeça.

(Com informações de O São Gonçalo)

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE