terça-feira, 23 de abril de 2019

Niterói, RJ

Procon autua três postos de combustível em Niterói

Publicado em 19/07/2017 - 13:52

Operação Bomba Limpa autua mais três postos de combustíveis em Niterói

0 - procon-postoscombustivel-sg

O Procon Estadual, a Secretaria de Estado de Fazenda e agentes da Operação Barreira Fiscal, da Secretaria de Estado de Governo, realizam, nesta terça-feira (18/07), uma nova etapa da Operação Bomba Limpa, que desta vez fiscalizou postos de combustíveis da cidade de Niterói. Foram vistoriados três postos, e todos eles foram autuados. Nos três foram recolhidas amostras de combustível para análise.

Leia também

Criminosos levam carro de pet shop com dois poodles

No Posto Domingues de Sá (Shell), localizado na Avenida Roberto Silveira, 283, Icaraí, óleos automotivos e paletas limpa-vidro estavam sem o preço. O estabelecimento não apresentou a licença ambiental. A fiscalização deu o prazo de 15 dias para a apresentação do documento na sede do Procon-RJ, sob pena de interdição. Na JP Loja de Conveniência e Lanchonete, localizada neste posto, duas garrafas (355 ml cada) de cerveja estavam expostas à venda fora do prazo de validade.

Curta nossa Página no Facebook. Siga-nos no Twitter

No Posto de Gasolina Mãe Greice (BR Petrobras), localizado na Rua Domingues de Sá, 252, Icaraí, os fiscais encontraram diversos produtos vencidos expostos à venda. Entre eles estava: 73 embalagens de balinhas refrescantes, 37 chocolates de diversas marcas, 14 garrafas (600 ml cada) de refrigerantes, nove latas (350 ml cada) de cerveja, três latas de energético e uma lata de refrigerante. Além disso, óleos, lubrificantes, carvão e algumas bebidas estavam expostos para a venda sem a especificação do preço.

O Posto Via Ponte (Shell), localizado na Rua Professor Joaquim Costa Ribeiro, 05, Centro, também apresentou cervejas vencidas expostos à venda na loja de conveniência: 25 garrafas de 313ml, 11 latas de 269ml e três latas de 350ml. Também foi detectado ausência de preço em parte dos produtos expostos à venda na loja de conveniência. O posto não apresentou aos fiscais o certificado de potabilidade da água e nem o laudo e o certificado do Corpo de Bombeiros.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE