terça-feira, 23 de abril de 2019

Niterói, RJ

Polícia investiga assassinato de jardineiro em Ititioca

Publicado em 21/02/2016 - 14:59

Foto: Luiz Nicolela

0 - ititioca-fotodeluiznicolela

O delegado Tiago Dorigo e agentes da Delegacia de Homicídios investigam a morte do jardineiro Paulo Henrique Duarte, de 37 anos, baleado com um tiro de fuzil nas costas, por volta de 23:30 de sexta-feira (19), na Ititioca, em Niterói. Testemunhas garantem que o tiro foi disparado por um policial militar, o comandante do 12ºBPM nega.

A vítima foi alvejada quando se dirigia à casa da mãe, na Rua D, enquanto os policiais revistavam alguns jovens próximo do local. De acordo com testemunhas, na hora de ir embora, um PM teria subido na viatura e efetuado um disparo, que atingiu Paulo Henrique.

Apesar das acusações contra um policial militar, o comandante do 12º BPM (Niterói), Coronel Fernando Salema, afirma que não haviam agentes na região, na hora do crime.

Siga-nos no Facebook e no Twitter

“Meus policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT) estavam baseados na delegacia registrando uma ocorrência, e os de patrulhamento não estavam naquela região. Além disso, temos horário para realização das nossas operações”, garante o coronel Salema, comandante do 12º BPM.

Paulo Henrique trabalhava em um sítio em Itaipu e passava a semana na casa da mãe, na Ititioca. Nos finais de semana seguia para Minas Gerais, onde deixou a esposa e os dois filhos, um de 2 e outro de 8 anos.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE