terça-feira, 23 de abril de 2019

Niterói, RJ

PMs prendiam usuários como traficantes para cumprir metas

Publicado em 01/07/2017 - 16:20

Foto: Alex Ramos

0 - foto-alex-ramos

Ao dar continuidade às investigações da Operação Calabar, contra 96 policiais militares e 70 traficantes, deflagrada na última quinta-feira (29), a Polícia Civil descobriu que os policiais do 7º Batalhão da Polícia Militar envolvidos na onda de crimes prendiam usuários de drogas como se fossem traficantes.

LEIA TAMBÉM

96 PMs facilitavam a venda de droga em Niterói e São Gonçalo

Escutas flagram conversa entre PMs e traficantes

A descoberta dos investigadores foi possível por causa de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, e graças às delações premiadas. Para cumprir as metas do Batalhão de apreensões de drogas e prisões, os policiais corruptos não podiam prender os traficantes com os quais eram sócios no crime, então prendiam os usuários de droga, e diziam que eram os donos da droga fornecida pelo próprio tráfico.

Durante os registros dos boletins de ocorrência era quase impossível para o usuário livrar-se da acusação de tráfico, já que a palavra da autoridade policial tem um peso significativo para o Judiciário.

 

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE