quinta-feira, 25 de abril de 2019

Niterói, RJ

Crise do RJ ameaça afundar projeto dos catamarãs chineses

Publicado em 23/02/2016 - 13:37

Crise financeira deixa catamarã chinês de R$ 32 milhões no cais.

0 - catamara-chines

A crise econômica atrasou o cronograma de entrega das barcas de 2 mil lugares compradas na China para reforçar a frota entre Rio e Niterói. O catamarã Itacoatiara, que chegou em novembro está mais de três meses lacrada na estação Arariboia. A Secretaria de Transportes diz que houve dificuldades para pagar o fabricante.

Em 2014, o governo anunciava que todas as barcas chinesas seriam colocadas em funcionamento até o final de 2015, mas apenas duas — a Corcovado e a Pão de Açúcar —estão em atividade. Além dessas e da Itacoatiara, restam chegar outras quatro da China, das quais três ainda nem estão prontas.

Siga-nos no Facebook e no Twitter

As barcas chinesas custam R$ 32 milhões cada e o governo garante que a Itacoatiara está “em perfeitas condições”, aguardando a vinda de uma equipe chinesa para homologar sua liberação junto à Capitania dos Portos. Ainda falta fazer os testes no mar.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE