quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Niterói, RJ

Chega a 15 o número de mortos na tragédia do Morro da Boa Esperança

Publicado em 11/11/2018 - 19:57

 

O menino Arthur Caetano Carvalho, de 3 anos, morreu às 13h deste domingo (11), um dia após ser soterrado por deslizamento no Morra da Boa Esperança, em Piratininga, Niterói, Região Metropoliana do Rio. Com a morte, chega a 15 o número de vítimas.

A irmã dele, Nicole, de 10 meses, já havia morrido na tragédia. Na véspera da tragédia, Arthur e a família festejaram o terceiro aniversário dele.

O óbito foi confirmado pela direção do Hospital Estadual Azevedo Luma, onde ele estava internado. Segundo o hospital, Arthur apresentou piora de seu quadro clínico e consequente parada cardíaca, com múltipla falência dos órgãos.

Veja a lista de vítimas:

Marta Pereira Romero, 61 anos

Maria Madalena Linhares de Resende, 54 anos

Kaique da Silva Resende, 1 ano e 2 meses

Dalvina Marins, 56 anos

Nicole Caetano Carvalho, 10 meses

Arthur Caetano Carvalho, 3 anos

Alan Ferreira Teles, 29 anos

Amanda Tomaz da Silva, 30 anos

Géssica Martins Firmino, 15 anos

Maria Aparecida Martins Viana, 19 anos

Claudiomar Dias Ferreira, 37 anos

Janete Martins Ferreira, 53 anos

Marcos Antony Martins Aguiar, 9 anos

Maria do Carmo, 80 anos

Beatriz Pereira, 18 anos

O que se sabe até o momento

9 casas habitadas e uma pizzaria foram atingidas pelo deslizamento

Segundo os bombeiros, uma pedra rolou e atingiu os imóveis

10 pessoas foram resgatadas com vida. Entre elas, há um bebê

15 pessoas morreram. Entre elas, três crianças e duas idosas

Os bombeiros foram chamados às 4h13

Famílias destruídas

Corpos das vítimas da tragédia são enterrados neste domingo no Cemitério do Maruí. Em uma das capelas, avó e neto foram velados em clima de grande comoção. Kaíque da Silva Resende, de 1 ano e 10 meses e de Maria Madalena Linhares Resende, de 54 anos, eram moradores de uma das casas atingidas no deslizamento. Pelo menos cinco pessoas passaram mal na cerimônia.

Em uma outra família, o número de vítimas foi ainda maior: sete parentes morreram no deslizamento. São eles: Géssica Martins Firmino, 15 anos; Maria Aparecida Martins Viana, 19; Claudiomar Dias Martins, 37 anos; Janete Martins Ferreira, 53; Marcos Antônio Martins Aguiar, 9; Maria do Carmo, 80; e Beatriz Martins Pereira, 18.

O deslizamento

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 4h13 de sábado. Dez imóveis, sendo nove residenciais e uma pizzaria, desabaram após deslizamento de um pedaço da encosta.

A Defesa Civil municipal disse que houve a ruptura de um maciço em uma área de preservação ambiental acima da comunidade Boa Esperança. Choveu bastante na Região Metropolitana desde quarta-feira (7). O secretário de Defesa Civil, comandante Roberto Robadey, afirma que a cidade estava em estágio de atenção por conta das chuvas dos últimos dias.

“Choveu muito nos últimos dois dias. Niterói estava em estágio de atenção e alerta de acordo com a área e as comunidades estavam avisadas dessa situação, com recomendação para buscarem locais seguros”, disse à GloboNews (veja a entrevista no vídeo abaixo).

Fonte: G1

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE