terça-feira, 23 de abril de 2019

Niterói, RJ

Advogado que matou comerciante se entrega e confessa o crime

Publicado em 25/04/2015 - 15:07

Havia um prêmio de R$ 2 mil por sua captura.

Acusado de matar a comerciante Mylena da Silva Bessa, de 27 anos, no Bairro de Charitas, em Niterói, o advogado Gutemberg Augusto Martins Gonçalves, de 53 anos, entregou-se ontem à polícia. Segundo o delegado da Divisão de Homicídios,Fábio Baruck, ele chegou à delegacia, por volta das 21:00.

Siga-nos no FACEBOOK e no TWITTER

Ele, que era considerado foragido, confessou o crime em depoimento ao delegado. Disse que matou a ex-companheira porque estava “tomado por emoção e ciúme”.  Mylena foi assinada sábado, dia 18 de abril, quando estava na presença de outro homem, em um estacionamento.  Havia um prêmio de R$ 2 mil por sua captura.

Entenda o caso

0 - advogado-comerciante

Advogado ciumento é suspeito de matar ex-mulher em Charitas

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE