sábado, 24 de junho de 2017

Niterói, RJ

Juliana Coutinho: Vamos falar sobre casamento. Por que não?

Publicado em 25/03/2017 - 18:05

0 - juliana-coutinho-2

Por Juliana Coutinho

Eu casei com 24 anos (2014). Muitos podem pensar: “Ah, você casou cedo demais…”, “Acabou com a sua vida…”, “Você tinha tanto pra viver…” ou coisas desse tipo. Eu não vejo assim, até porque quem sabe se você está pronta ou não pra casar é você, o resto é palpite. Óbvio que você não deve casar com uma pessoa que conheceu ontem, mas se é o que você está sentindo vontade e a outra pessoa também, por que não?

Eu desde novinha falava que só casaria aos 27 anos, pois eu já estaria formada na faculdade e trabalhando. Mas não ocorreu assim. Única coisa que me arrependo foi não ter esperado mais um pouco pra dar tempo de ter a minha própria casa. Quando casei apenas o meu marido estava trabalhando e tivemos que morar de aluguel, ou seja, não nos faltava nada, mas o dinheiro era praticamente apenas para as contas. DICA: “QUEM CASA, QUER CASA!”  O ideal é os dois estarem trabalhando pra não ficar pesado pra apenas um. Mas é claro que você não vai deixar de se casar por esse motivo, mas haverá contas pra pagar (rs). E caso seja da vontade dos dois terem A FESTA DE CASAMENTO, sugiro que abram uma conta conjunta no banco com bastante antecedência, porque festa de casamento é uma coisa que gasta D E M A I S.

Eu ainda não me formei na faculdade, mas não teve nada a ver com o casamento, e sim por questões financeiras. Muita gente hoje em dia também acha que quando a gente casa novo, vamos largar os estudos e não fazer mais nada da vida… e não é assim, o casamento não te impede de nada, você só adquire mais responsabilidades. Realmente tem que estar muito certo do que está fazendo.

Eu quando morava na casa dos meus pais antes de casar, eu não cozinhava nada… mas desde novinha sempre reparei a minha mãe cozinhando e foi assim que aprendi a cozinhar e que me casei. Cozinho super bem, não sou’expert’, mas peguei o meu marido pelo estômago também. Se nenhum dos dois souberem cozinhar, sugiro que aprendam juntos, pois alguém vai ter que cozinhar na casa, necessariamente não precisa ser sempre a mulher, certo? Acho que ninguém vai querer passar fome (rs).

Outra questão também é como fica a relação com os familiares depois que você casa. Não costumo dizer que quando você casa com uma pessoa você casa com a família dela. NÃO! A realidade é que você casa pra formar a sua família com aquela pessoa, ou seja, mais uma família dentro daquela família, acho que vocês me entenderam. Você vai viver a vida com aquela pessoa e não viver a vida dos outros.

Questão dos familiares se metendo na vida de vocês, isso só acontece por um motivo, se você der espaço pra isso. Se existir alguém assim, basta conversar, ou dar um toque… porque algumas pessoas nem sempre fazem por maldade e sim por cuidado e preocupação. Nada de ignorar, se você não está gostando da pessoa metendo o bedelho na sua vida conjugal, fale e não esconda, porque pode gerar um conflito desnecessário.

Muitas meninas tem dúvida como é depois do casamento. Algumas até me perguntam: “As coisas mudam depois do casamento?” Não vou mentir pra vocês dizendo que não, porque mudam sim e bastante. Isso não quer dizer que o amor diminuiu e sim a rotina. A rotina nem sempre permite aquela vida de namorados que só se viam nos finais de semana.

Casar significa você estar com aquela pessoa 24 horas do seu dia. Não exatamente 24 horas, porque os dois terão suas vidas profissionais, faculdade, cursos ou coisas do tipo… Mas é com aquela pessoa que você vai conviver a maior parte do seu tempo. No dia-a-dia é difícil você arranjar tempo pra fazer aquelas coisas de namorados, sair, se divertir, ou até mesmo ficar em casa assistindo séries e comendo pipoca sem se preocupar se tem roupa pra lavar, banheiro pra lavar, casa pra arrumar, roupas pra passar, se colocaram o lixo pra fora, se as contas estão em dia.

Casar significa que você vai dormir e acordar ao lado daquela pessoa. Casar é dizer o famoso SIM todos os dias. Casar é dividir a cama (um sempre fica com uma parte maior), dividir o guarda-roupa. Casar significa também que aquela pessoa vai te magoar, sem querer e você terá que ser forte pra lidar com aquilo. Casar é esperar ele chegar do trabalho, preparar a comida preferida dele apenas pra poder ver ele sorrir depois de um dia estressante do trabalho. Casar é também ás vezes engolir aquelas patadas que sai do nada quando um dos dois estão de mau humor e se calar por não querer brigar, mas depois ter a liberdade de falar que não gostou do jeito que a pessoa te tratou.

Casar é ter que repetir várias vezes que não se deixa a toalha molhada em cima da cama. Casar é repetir que tem que levantar a tampa do vaso pra não molhar. Casar é fazer as contas do mês e fazer planos com aquele dinheiro que sobrou. Casar é ter que se reinventar de todas as formas pra não deixar aquela chama apagar. Casar é passar pelos obstáculos juntos, sem pensar que o casamento é descartável. Casar é confiar no seu parceiro pra tudo.

Uma coisa bem bacana que indico à vocês a fazerem antes de casar é ter uma conversa sobre algo que o outro faça que te incomoda e entrar em um acordo para não ter incômodo em nenhuma das duas partes. Até alguma coisa que caiu no esquecimento mas que ainda está te incomodando. Quando você decidir se casar, não ache que você conhece a pessoa 100%, porque você só vai conhecer realmente a pessoa quando convive com ela. Você vai descobrir manias e vícios que nunca imaginou descobrir. E será que o seu amor será tão grande pra aceitar?

Eu era uma pessoa muito individualista e tenho uma personalidade forte, nem sei como o meu marido me aguentou tanto tempo sendo assim depois de casada, mas com a convivência todo dia com ele isso foi mudando. Com paciência tudo vai se ajeitando, se for o primeiro casamento dos dois então, aí que vai ser uma grande fase de aprendizagem. Terá situações que você terá que ceder. Em algumas situações você acaba até pedindo desculpas por uma coisa que não é culpa sua apenas pra evitar aquele famoso clima pesado. Uma outra dica que dou:JAMAIS VÁ DORMIR CHATEADO COM QUEM VOCÊ AMA! Se algo tiver errado se resolvam antes de se deitarem e cai entre nós, nada melhor que uma reconciliação.

MENTIRAS E OMISSÕES: Se tem uma coisa particularmente que eu O D E I O no relacionamento são mentiras e omissões. Acredito que se você mente pro seu parceiro e vice e versa você não o ama. Qual a necessidade de mentir pra aquela pessoa que está ao seu lado todos os dias? Como conviver com isso? Pra mim não tem como. Se você mentir e a outra pessoa descobrir a confiança vai diminuindo, mesmo se a pessoa te desculpar pelo ocorrido. Igualmente é a omissão. Confesso que já omiti coisas do passado pro meu marido, por achar que como era passado não tinha nada a ver, mas foi omissão sobre relacionamentos anteriores, e na minha situação foi ruim, porque em alguma conversa eu falei certa coisa que tinha acontecido e ele me indagou: “Por que você não me disse isso?” Eu não omiti na maldade, mas isso pode fazer com que seu parceiro ache que você não confie nele. Ou pode ocorrer também de ter acontecido algo mínimo e você decidir deixar pra lá e seu parceiro acabar descobrindo isso pela boca de outra pessoa. Isso machuca e magoa. DICA: NÃO MINTA, NÃO OMITE!

CUMPRIR COM A SUA PALAVRA: Isso é uma coisa que parece simples, mas em algumas situações não é. Sempre que você promete algo ou dá a sua palavra aquilo fica registrado na mente da pessoa. Algumas vão te cobrar, outras irão ficar na delas e outras vão ficar remoendo o porque de você não ter cumprido a sua palavra. Isso é uma coisa muito desconfortável quando acontece e certamente não para pessoa que deu a sua palavra. Caso algo não tenha dado certo, C O N V E R S E sobre e se explique, mas não deixe pra lá. DICA: SÓ DÊ A SUA PALAVRA SE VOCÊ TIVER C E R T E Z A QUE ESTÁ NO SEU ALCANCE!

CIÚMES E DESCONFIANÇAS: Dizem que ciúmes em uma relação é normal. Pode até ser verdade, mas somente aquele ciúme inofensivo. Já passei por situações bem embaraçosas com relação a isso. Sabe aquela fala famosa que os homens usam? “VOCÊ ESTÁ VENDO COISA ONDE NÃO TEM!” Pois é, todas as vezes que eu vi coisa onde não tinha, eu acertei. Sério. Minha intuição nunca falhou e nunca falha. Ás vezes você vai tentar falar com a pessoa e ela vai te achar louca, nem vai parar pra tentar entender o que está acontecendo. Se há desconfiança algo de errado tem e só conversando pra saber o que está acontecendo. Nada de brigar por coisas que vocês não tem certeza, não confie mais na boca de estranhos do que na boca do seu parceiro. O respeito tem que existir em qualquer relação. Se você se sente incomodada com alguém que o seu parceiro conversa ou que tenha contato deixe bem as claras pra ele. Se não tiver nada a ver, ele vai te mostrar isso e não vai te julgar. DICA: CONVERSE E CONSERTE AS ATITUDES ERRADAS!

ELOGIOS: Uma coisa que no dia-a-dia ás vezes é esquecido. Quem não gosta de receber um elogio por qualquer coisa que seja? Elogiem um ao outro, nada melhor do que você escutar: “Você está linda com esse cabelo”, “Você está linda com essa roupa”, “Seu jantar estava maravilhoso”, “Você está lindo”… E sempre R E P A R E M quem está com você, porque você pode um dia ser pego de surpresa com um novo corte de cabelo, ou uma nova coloração no cabelo (rs). Com certeza é um pontinho que vocês irão ganhar no relacionamento. Ajuda bastante na autoestima da pessoa também. Ás vezes a pessoa acordou se sentindo horrorosa naquele dia e acreditem, um elogio pode mudar o dia daquela pessoa, pra melhor. DICA: ELOGIEM-SE SEMPRE!

SABER OUVIR E CONVERSAR: Do mesmo jeito que você gosta de ser ouvida a outra pessoa também quer ser ouvida. Atenção é muito importante pra uma relação. Aumenta a amizade e a cumplicidade entre vocês. Falta de atenção e conversa pode resultar em desentendimentos desnecessários. Ambos devem se ouvir e considerar o que o outro está falando. J A M A I S ignore a opinião do seu parceiro, isso é algo grave. É como se o que a pessoa acha não valesse nada. Conversem sempre, sobre qualquer coisa… até falar sobre esmaltes, cremes de cabelo, jogos de vÍdeo game, música, séries, filmes… tudo vale. Se tiver uma ausência de atenção ambos vão se afastando e outras pessoas podem começar a dar a atenção que tanto o seu parceiro quer de você. Redes sociais é uma grande arma quando isso ocorre. Atenção é uma coisa que não se pede no relacionamento, é uma coisa que tem quer ser dada livremente. DICA: O AMOR É ATENCIOSO! NÃO IGNORE!

ESPAÇO E INDIVIDUALIDADE: Você tem um namorado que participa daqueles jogos de futebol? Depois do casamento não tem nenhum motivo para proibí-lo. Assim como você pode sair com as suas amigas pra colocar a fofoca em dia sem nenhum problema. Como tem casos e casos, alguns casais não se sentem bem saindo sozinhos(um sem o outro), preferem sempre estar juntos porque acreditam que eles se divertem bem mais juntos. Assim, como cada um precisa de um tempo pra si, aquele tempo de fazer algo que você gosta, ler, meditar, coisas do tipo.DICA: NÃO SUFOQUE!

REDES SOCIAS: Mal do século para quem não sabe usar. Logo acima eu falei de atenção, as redes sociais por muitas das vezes acabam afastando parceiros por um uso excessivo. É uma coisa muito desagradável você estar com a pessoa e ela não largar o celular em nenhum momento, já passei muito por isso (não passo mais). A única coisa que você se sente é um ser D E S C A R T Á V EL. Ás vezes a pessoa não escuta nem o que você está falando. Mas quando as redes sociais se torna mais importante do que quem está do seu lado está tudo errado. Tudo tem seu tempo, e a pessoa que está do seu lado tem sentimentos, nada pior do que o sentimento de R E J E I Ç Ã O. Com as redes sociais as pessoas estão esquecendo realmente o que é calor humano. Outra questão: com quem ambos conversam e quais os assuntos. Ás vezes acontece de alguém ficar horas conversando com determinada pessoa. Aí que vem a E M P A T I A: “Será que se ele fizesse isso comigo eu iria gostar? Me faria bem saber que ele está conversando esse determinado assunto que eu estou conversando? Será que eu estou respeitando o meu parceiro?”  Mentira tem perna curta, sábio ditado. Você tem que respeitar o seu parceiro mesmo quando ninguém está vendo, isso se chama caráter. Outra questão: não expõe muito o seu casamento em redes sociais. Tudo bem postar uma foto ou outra, mas nada de muita declaração, se for pra se declarar, declare-se pessoalmente, escreva uma carta, manda uma mensagem no whatsapp. Felicidade incomoda pessoas infelizes. Redes sociais algo que aproxima os que estão longe e que afastam o que estão perto. DICA: VIVA A SUA VIDA EM OFF!

Sempre digo que casamento não é namoro. Que a qualquer briga você vai lá e termina o casamento. Tudo se resolve na base da conversa. Tudo com amor se resolve. Meu casamento não é perfeito, nenhum é. Todos os casamentos tem brigas, desentendimentos… mas o que mantém um casamento é o amor, paixão, respeito, confiança, cumplicidade, fidelidade, compreensão e amizade.

Se está insatisfeito com o seu casamento, converse com o seu parceiro. Se não tem mais amor, se não há respeito, se não há confiança, realmente é melhor cada um seguir a sua vida. E aquela história sobre traição: “Eu fui procurar na rua o que eu não estava tendo dentro de casa…” Não se preocupe com essa frase, é apenas uma frase dita por uma pessoa C O V A R D E que não teve coragem de terminar o seu casamento.

Casamento não é prisão. Você tem a liberdade de ser quem você é, sabendo que aquela pessoa está ali do seu lado, porque te ama e te aceita do jeito que você é. Sejam primeiros amigos antes de casar. Casamento é fazer planos todos os dias com a mesma pessoa. Não é se sentir presa a uma pessoa, mas saber que ela te completa de todas as formas possíveis e que aquele sorriso quando a pessoa acorda pela manhã, vale a pena qualquer sacrifício. Não carreguem erros que já foram perdoados. Jamais julgue o outro.

SEXO não é tudo em uma relação, mas ocupa bastante parte dela, nada melhor do que ter intimidade com quem você ama e deseja. É importante você ter a liberdade de falar o que gosta e o que não gosta, para todas as partes ficarem satisfeitas. Nessa questão, se reinventar no sexo é muito importante também no casamento, para não entrar na rotina e se tornar chato. Façam surpresas, homens adoram serem pegos de surpresa nesse quesito.

Algumas perguntas que vocês podem fazer um para o outro:

Como eu posso amar você melhor?

Você sente que sua opinião é valorizada nesta relação?

O que lhe fez mais feliz recentemente?

Qual é sua maior meta este ano e como eu posso lhe ajudar a realizá-la?

O que você precisa de minha ajuda?

Eu lhe dou espaço para ser quem você é de forma inteira?

Como podemos melhorar em nossa vida sexual?

Diga algo que lhe estressa e como eu posso ajudar a aliviar seu fardo?

Quais atividades você gostaria que fizéssemos juntos?

Você se sente respeitado(a) por mim quando estamos em público?

Você se sente amado(a) quando estamos a sós ou em casa?

Qual sua coisa favorita sobre você mesmo?

Você acha que dividimos as responsabilidades de forma satisfatória em nosso casamento?

O que eu poderia fazer para você se sentir mais bem compreendido(a)?

Eu estou fazendo algo que está lhe tirando do sério?

Há qualquer coisa mal resolvida ou mágoa que precisamos solucionar?

O que podemos fazer para melhorar nosso relacionamento com a família um do outro?

Você se casaria comigo hoje novamente?

Valorize quem está com você. Cuide de quem está com você. Ajude quem está com você. Defenda quem está com você. Fique do lado de quem está com você. Seja cúmplice de quem está com você. Seja feliz com quem está com você.

Aproveitem cada segundo que vocês estiverem juntos, porque ninguém sabe o dia de amanhã.

Espero ter ajudado vocês com algumas dúvidas, lembrando novamente que cada casal é de um jeito. São apenas algumas dicas pra quem pensa em casar, ou que está passando por momentos difíceis no casamento.

Acesse o Blog de Juliana Coutinho

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE