terça-feira, 27 de junho de 2017

Niterói, RJ

Metrô do Rio anuncia esquema especial para Jogos Paralímpicos

Publicado em 01/09/2016 - 02:44

Diferente do que aconteceu nas Olimpíadas, não será necessário comprar um RioCard especial.

0 - metro_parque_olimpico

O MetrôRio planejou um esquema especial de funcionamento durante os Jogos Paralímpicos, entre os dias 8 e 17 de setembro. Durante este período, haverá extensão de horários de funcionamento da estação Jardim Oceânico para atender o público que retornará das competições no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca; circulação direta de trens das estações Pavuna a Botafogo, sem a necessidade de transferência nos finais de semana e feriados; e reforços nas equipes de segurança, de bilheteria e de condutores. A Concessionária manterá também orientadores de públicos, promotores bilíngues e voluntários.

Funcionamento das estações

As competições na Paralimpíada têm previsão de término até as 23h30. Com isso, a estação Jardim Oceânico terá o funcionamento estendido até 1h e receberá os espectadores do Parque Olímpico. As demais estações do sistema ficarão abertas somente para desembarque.

Siga-nos no Facebook e no Twitter

As Linha 1, 2 e 4 ficarão abertas das 5h até 0h, de segunda a sábado, e das 7h às 23h, aos domingos e feriados. A Linha 4 será exclusiva para credenciados e para usuários portadores de ingresso acompanhados de qualquer cartão RioCard ou cartão Metrô (unitário ou pré-pago).

O MetrôRio sugere que os usuários planejem e saiam de casa com antecedência para evitar filas e que já tenham o bilhete do modal a ser utilizado em mãos. Serão quatro regiões de competição: Barra da Tijuca, Copacabana, Maracanã e Deodoro.

Zona da Barra da Tijuca: Concentrará a maior parte dos esportes paralímpicos e será atendida, em parte, pela Linha 4. A novidade é que o usuário poderá utilizar qualquer cartão RioCard mais o ingresso válido para alguma competição olímpica do dia ou credencial. Na estação terminal Jardim Oceânico, o passageiro fará a integração com o BRT, que o levará até os locais do evento.

Zona de Copacabana: além do bairro de mesmo nome, compreende também as áreas da Lagoa Rodrigo de Freitas e da Marina da Glória.

Zona do Maracanã: abrange Maracanã, estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão) e Sambódromo. Atenção aos torcedores que se deslocarem para o Engenhão: as estações Central e Maracanã são as mais indicadas para transferência com os trens da SuperVia. Para os eventos no Maracanã, utilizem as estações Maracanã, São Cristóvão e São Francisco Xavier.

Zona de Deodoro: Não será atendida diretamente pelo sistema metroviário, então o passageiro deverá ficar atento às estações de integração com a SuperVia.

Boulevard Olímpico

Localizado na Região Portuária, terá shows, atrações esportivas e culturais, além de transmissões simultâneas das Olimpíadas. A estação Carioca é a mais indicada para os “Live Sites”.

Cerimônias de Abertura e Encerramento

Nos dias 07 e 18 de setembro, dias das cerimônias de abertura e encerramento, respectivamente, o horário de funcionamento do sistema será das 7h às 23h. Por isso, haverá um esquema especial para os espectadores desses eventos: as estações Maracanã, São Cristóvão e São Francisco Xavier terão seus horários estendidos, caso necessário, até 1h após o término da cerimônia, garantindo a facilidade na volta para casa do público que for utilizar o metrô. As demais estações permanecerão abertas apenas para desembarque.

Metrô na Superfície

As duas linhas do Metrô Na Superfície (Botafogo – Gávea e Ipanema – Gávea) funcionarão normalmente, aguardando a chegada do último trem. A Concessionária ressalta que o itinerário das linhas de extensão poderá sofrer alterações de acordo com as condições de trânsito, sempre com a orientação da CET-Rio ou da Guarda Municipal.

Medidas de segurança

Para garantir uma viagem mais confortável aos torcedores, não serão permitidos os embarques com bicicletas e pranchas de surfe durante a operação especial para os Jogos Paralímpicos.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE