segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Niterói, RJ

Secretário Robson Dutra, de Maricá: ‘O que estamos fazendo aqui? Turismo!’

Publicado em 14/09/2017 - 14:11

0 - secretario-turismo-marica

Secretário de Turismo de Maricá. Robson Dutra

Texto de Wiliam Oliveira

O comentário do Secretário Municipal de Turismo de Maricá, Robson Dutra, quando participou de uma solenidade de entrega de novas ambulâncias do município, demonstra o comprometimento da gestão com a Pasta. Robson lembrou um convênio sui generis que Maricá mantém com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) para um projeto de turismo de base comunitária no município, com foco em Economia Solidária,  para evidenciar o seu interesse nas ambulâncias.

– O Prefeito Fabiano Horta tem uma visão bem linear do potencial turístico da nossa cidade e nos incentiva a capacitar o município para receber cada vez mais visitantes que movimenta a nossa economia, principalmente no Verão – comentou.

Curta nossa Página no Facebook. Siga-nos no Twitter

Um dos primeiros municípios praianos no caminho da Região dos Lagos, Maricá a cada verão aumenta o número de veranistas que tendem a adquirir propriedades no município ate para residir, considerando  a proximidade com os grandes centros empresariais – Niterói e Rio de Janeiro.

– Precisamos estar atuante e a frente dessa tendência e por isso também o atendimento médico é um dos serviços fora da nossa responsabilidade, mas que também precisamos acompanhar.

Segundo Robson o Turismo Comunitário, que vem sendo estudado em parceria com a secretaria de Economia Solidária se ancora em um novo segmento turístico que pode atender uma  população que não era enxergada. “É uma oportunidade para o maricaense que pode com isso ter uma nova renda e mais vagas de emprego e também para os tuistas que prefiram hospedagem mais acessível, em ambiente familiar” destacou.

Robson lembrou que essa população flutuante crescente precisa ser pensada muito além do final de semana ou alguns dias na cidade, para ter garantias de serviços públicos, caso se faça necessário, como emergências médica, que é onde um maior número de ambulâncias se torna mais uma conquista.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE