segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Niterói, RJ

Aparecimento de macaco morto preocupa Baixada Fluminense

Publicado em 27/03/2017 - 17:28

0 - primatamorto-foto-ocaxiense

À partir dessa segunda-feira (27), pesquisadores do Instituto de Veterinária Jorge Vaitsman investigam a morte de um mico no bairro da Taquara, em Duque de Caxias.

O animal foi levado por agentes da Vigilância Sanitária Municipal, após ter sido encontrado por uma moradora, sábado (25).

Kátia Oliveira, 48, guardou o mico morto no freezer de sua casa. “Peguei com uma luva, esvaziei o freezer e coloquei o mico para congelar”, disse ao jornal O Dia.

Curta nossa Página no Facebook. Siga-nos no Twitter

Ao tomar conhecimento da notícia, moradores de Duque de Caxias e Baixada Fluminense aumentaram o nível de alerta, em relação ao risco de febre amarela na região.

O macaco é hospedeiro do vírus, mas não transmite a doença, portanto não oferece perigo diretamente à população.

Porém, qualquer animal morto só deve ser recolhido por órgãos municipais, estaduais ou federais.

De outubro até esse final de semana, 63 macacos foram achados mortos no estado. Desses, apenas três estavam com o vírus da febre amarela confirmada.

As autoridades pedem para ligar para o número de telefone 1746, caso haja novos aparecimentos de primatas mortos.

Foto: O Caxiense

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE