domingo, 26 de março de 2017

Niterói, RJ

Procon-RJ autua comitê dos Jogos por longas filas e falta de comida

Publicado em 09/08/2016 - 22:54

Comitê tem 15 dias para se defender; multa pode chegar a R$ 9 milhões.

0 - filas

O Procon Estadual do Rio de Janeiro informou segunda-feira (8) que o Comitê Organizador da Olimpíada foi autuado por problemas no primeiro fim de semana de competições. De acordo com o Procon, filas para entrar nas arenas e a falta de comida foram alguns dos motivos da ação do órgão contra os organizadores. O comitê tem prazo de 15 dias úteis, contados a partir do recebimento da notificação, para apresentar a sua defesa.

Caso o prazo não seja cumprido ou os argumentos da defesa não sejam aceitos pelo departamento jurídico do Procon, o comitê será multado. O valor máximo da multa, previsto pelo Código de Defesa do Consumidor, chega a R$ 9 milhões.

Segundo o Procon, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca a fila passou de um quilômetro de extensão e muitos espectadores chegaram a perder o início de alguns jogos.

Siga-nos no Facebook e no Twitter

Os problemas verificados pelo Procon também atingiram o Parque Olímpico de Deodoro. No sábado (6), havia apenas um máquina de raio X para a vistoria dos torcedores naquele local de competições. No domingo (7), os espectadores levaram duas horas para entrar na arena de rugby.

Nos dois locais houve problemas com a falta de comida, grandes filas e alimentos acabando antes do fim dos eventos. O Procon também ressalta a falta de troco em alguns quiosques. Segundo a instituição, a situação foi pior no Sambódromo e no Maracanãzinho, pois esses locais não tinham lanchonetes.

De acordo com a autuação do Procon Estadual, apesar de conhecer previamente o tamanho do evento e o número de pessoas que ele atrairia, os organizadores da Rio 2016 não se preocuparam em suprir a demanda dos consumidores, tanto no acesso ao local quanto na oferta de alimentos.

/G1

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE