terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Niterói, RJ

Índio é eleito prefeito em Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre

Publicado em 03/10/2016 - 20:30

0-indio-prefeito-mal-thaumaturgo

O indígena Isaac Piyãko (PMDB), eleito prefeito de Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre, neste domingo (2), afirma que ao longo da campanha sofreu preconceito. Piyãko teve 4.094 votos, o que corresponde a 56,52% dos votos válidos para a disputa, contra o candidato Aldemir Lopes (PT), que teve 3.150 votos (43,48%).

Da etnia ashaninka, o prefeito diz que o fato de ser indígena foi usado em seu desfavor durante a campanha, inclusive, por parte de candidatos do mesmo partido. Segundo ele, a vitória é um orgulho e uma oportunidade de quebrar paradigmas sobre o povo indígena.

“É uma conquista muito grande não só para mim, mas para o povo indígena da região. Foi muito gratificante a forma como a população aceitou, apesar de ter tido muitas acusações por pertencer ao povo indígena, em alguns momentos de forma preconceituosa. Mas, compreendi que aquele momento era político, então, a forma deles me ‘baterem’ era usando o preconceito”, conta o prefeito.

Piyãko afirma que nos primeiros dias de seu mandato , em janeiro de 2017, vai chamar as lideranças indígenas e de outras comunidades para traçar metas específicas. “Tenho certeza que, ao assumir em primeiro de janeiro, vou conseguir montar uma boa equipe para ter bons resultados. Com isso, irei quebrar várias questões que dizem que o índio não é capaz”, afirma.

“Minha proposta maior é voltada para a educação e saúde, tanto para o povo branco como para os indígenas”, disse o prefeito eleito.

Entre os vereadores eleitos no município estão Silvano Queiroz (PT); Amadeuzim (PT); João Luciano (PC do B); Ezildo (PSC); Edesio Matos (PT); Mallen (PSB); Atilon Pinheiro (PSD); Zeca de Assis (PMDB); e Kiko (PMDB).

/G1

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE