sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Niterói, RJ

Professora de Niterói lança livro na Bienal com versão em Braille

Publicado em 05/09/2017 - 13:32

0 - licao-macaco-2

O lançamento do livro “A Lição do Macaco”, da Editora Brinque Ler, uma das atrações do Estande da Niterói Livros na XVIII Bienal Internacional do Livro, nos dias 4 e 7 de setembro, chama a atenção por um detalhe a mais. A publicação tem uma versão em Braile, para deficientes visuais. A ideia partiu da autora do livro, Elaine Furlani, e da colega dela, Julie Francine. As duas são professoras da rede municipal de Niterói onde trabalham com alunos com deficiência.

O livro conta a história de um macaco que critica todos os animais da floresta e quando ele mais precisa é ajudado pelos bichos. Assim ele passa a aceitar os novos colegas exatamente da maneira como eles são.

Envie fotos, vídeos e denúncias pelo WhatsApp 21 97668-4107

Curta nossa Página no Facebook. Siga-nos no Twitter

Autora de outros dois livros publicados: “Vicente esqueceu de ser gente” e “O barbeiro Jeremias”, Elaine explica que tentou trabalhar a temática da aceitação. “É importante abordar o assunto dentro contexto escolar para que as crianças possam aprender não só a conviver com as diferenças, mas também aceitá-las”, destacou.

“A Lição do Macaco” também possui uma versão em Braile feita pela professora Julie Francine, que foi responsável pela transcrição e ilustração do livro em alfabeto relevo. A iniciativa faz parte de um projeto promovido pela Fundação Municipal de Educação (FME), coordenado pela professora da rede, Ana Prado.

O livro em Braille será disponibilizado nas unidades municipais de Niterói junto com um CD, com o áudio da história, e um DVD em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). “O trabalho foi pensado para dar a criança a sensação mais próxima do real com todos os recursos presentes na história”, afirmou Ana Prado.

A Secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Flávia Monteiro, ressaltou o fato das autoras serem profissionais que atuam na sala de aula. “Quero parabenizar as professoras Elaine Furlani e Julie Francine. Trata-se de um livro desenvolvido e voltado também para a inclusão de alunos cegos e que irá contribuir para estimular a criatividade e a imaginação destas crianças” afirmou.

A XVIII Bienal Internacional do Livro será aberta nesta quinta-feira (31) e vai até o dia 10 de setembro, no Riocentro. O Estande Letras de Niterói terá uma extensa programação com palestras, debates, mesa redonda, lançamentos de livros e atividades culturais. De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Educação, Bruno Ribeiro, a Bienal será uma ótima oportunidade de divulgar as realizações da atual gestão. “ Estamos muito satisfeitos porque teremos uma agenda extensa com várias atividades promovidas pelos profissionais da rede municipal” declarou.

Elaine Furlani estará no estande da Niterói Livros na segunda-feira (4), das 14h às 15h, e no feriado de 7 de setembro, das 11h ao meio-dia. Ela vai autografar e contar histórias dos seus livros e interagir com as crianças.

Foto: Larissa Lisboa.

 

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE