quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Niterói, RJ

Etapa de Bodyboard em Niterói é só decepção

Publicado em 27/06/2017 - 15:04

0 - etapa-itacoatiara-Foto-Marcelo-Theobald

Não bastasse o mau tempo, com chuva e frio que mantiveram o público longe da Praia de Itacoatiara, a etapa mundial de Bodyboad de Niterói foi marcada por premiações pífias que, sequer, permitem aos atletas cobrirem os gastos para seguir em frente na competição. O esporte, que teve seu apogeu nos anos 80 e 90, hoje vive uma crise de popularidade, se comparado ao Surf, por exemplo.

Para se ter uma ideia da diferença entre esse esporte e o Surf, o primeiro colocado na etapa de Surf em Saquarema, Adriano de Souza ganhou US$ 100 mil (R$ 330 mil). Já o campeão em Itacoatiara, Diego Cabrera ganhou apenas US$ 5 mil (R$ 16 mil).

O niteroiense Kalani Lattanzi, 23 anos, que ficou em 13º lugar ganhou apenas US$ 500, equivalente a R$1,6 mil, quantia insuficiente para pagar suas despesas no Chile, onde será realizada a próxima etapa.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE