quinta-feira, 27 de abril de 2017

Niterói, RJ

Eleições em Niterói: Candidata passa mal em debate do SBT

Publicado em 24/09/2016 - 22:00

0-debate

Dilson Ornelas, niteroiurgente.com

Em mais um debate em que o prefeito Rodrigo Neves, que tenta a reeleição, defende as realizações de seu primeiro mandato e os adversários tentam colar sua imagem na mesma foto do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, condenado a oito anos de prisão pelo juiz Sergio Moro, o que mais destoou foi que a candidata Dani Bornia (PSTU) passou mal e precisou ser socorrida por uma equipe médica.

O debate foi ao ar no início da tarde dessa sexta-feira (23), pelo SBT, quando a jornalista e mediadora  Isabele Benito, precisou interromper e “chamar os comerciais”, no segundo bloco, para que Dani fosse atendida. Ela passou alguns minutos fora de cena, mas voltou a tempo de responder a perguntas dos jornalistas.

Liderando com aproximadamente 30% a última pesquisa eleitoral (registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo RJ-07374/2016, que tem nível de confiança de 95,55%), Rodrigo Neves foi atacado pelos outros três candidatos, Flávio Serafini (PSOL), Dani Bornia (PSTU) e Felipe Peixoto (PSB), que poucas propostas fizeram.

Dani Bornia disse que o prefeito não dava importância à Educação, porque ele teria se recusado a receber professores grevistas. Afirmou que seu partido, o PSTU, é o único que não recebe doação de empresários para a campanha. Ao ser interrogada por Rodrigo Neves sobre a Cultura, declarou que os jovens negros não tem opção de lazer na cidade.

Siga-nos no Facebook e no Twitter

Os candidatos usaram boa parte do debate para falar sobre segurança pública. Felipe Peixoto insinuou que Rodrigo Neves era culpado pelo aumento nos índices de violência em Niterói. Mas o prefeito relatou que as UPP’s foram mal planejadas pelo governo do Estado que teria, inclusive, esvaziado os batalhões da Polícia Militar no município.

Ainda sobre o mesmo tema, Felipe Peixoto disse que é contra os guardas municipais usarem arma de fogo, mas que é a favor de aumentar o número desses guardas.  Rodrigo disse que se for eleito, vai aumentar para mil, o número de guardas municipais.

Os ataques contra o prefeito Rodrigo Neves só aumentavam. Serafini criticou até mesmo o vice candidato na chapa de Rodrigo, Conte Bittencourt, que de acordo com ele já foi condenado pela Justiça.

O candidato do PSOL disse ainda que a prefeitura só recicla 3% do lixo da cidade, e que vem autorizando a construção de prédios de dez andares em Pendotiba e Região Oceânica.

Quando teve oportunidade de fazer uma pergunta para Rodrigo Neves, Felipe Peixoto perguntou qual era a sua relação  com o empreiteiro Ricardo Pessoa. O prefeito respondeu que era a relação que qualquer prefeito tem com os empreiteiros.

O candidato do Partido Verde, durante a sua réplica, acusou Felipe Peixoto de ter aumentado os valores das OSs que administram os hospitais do estado, quando foi secretário da Saúde, e de colecionar mais de dez processos já Justiça.

Serafini, do PSOL, por fim, também atacou Felipe Peixoto: “Felipe, você foi secretário do Cabral e do Pezão, que estão mais envolvidos na Lava Jato do que o Rodrigo”.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE