quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Niterói, RJ

Agência Nacional do Petróleo e Procon interditam posto em Icaraí

Publicado em 16/11/2017 - 16:03

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) com apoio do Procon, Ipem, Operação Barreira Fiscal e Polícia Civil interditou o posto de combustíveis Fagundão, em Icaraí, Niterói, por oferecer aos clientes combustíveis sem procedência confirmada.

A fiscalização verificou que o combustível estava sendo comercializado sem comprovação fiscal, gerando uma diferença contábil de mais de um milhão de litros de combustível. O posto permanecerá interditado até comprovar a origem do produto ou regularizar os tributos junto aos órgãos competentes.

Além disso, o Procon notificou a loja de conveniências do Posto Fagundão, na Rua Fagundes Varela, em Icaraí, por encontrar no estabelecimento cerveja vencida, falta de licença ambiental e ralos inadequados.

O chefe do Núcleo Regional de Fiscalização da ANP no Rio de Janeiro, Ary Bello, informou que a fiscalização irá continuar.

“A ANP monitora os postos de Niterói desde o início do ano. Mas as operações foram intensificadas, em julho, quando recebemos várias mensagens falando sobre a qualidade dos combustíveis. Foi verificado que alguns postos estão com a documentação que não condiz com o informado, ou seja, eles estão vendendo muito mais combustíveis do que estão comprando. Isso gera problemas tributários e não tem como garantir a qualidade desse combustível que foi fiscalizado.

Os fiscais informaram, ainda, que não foram encontradas irregularidades relacionadas à quantidade e qualidade do combustível nos testes feitos no estabelecimento. A ANP coletou amostras de combustíveis para serem analisadas em laboratório credenciado.

Veja também

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE